21 AGO

Trilha da Lagoinha do Leste em Florianópolis

Date: 21/08/2020

Author: Fábio Jr

Muitos sabem que existem diversas trilhas em Florianópolis, mas nem todos conhecem a Lagoinha do Leste, mesmo sendo essa, a trilha mais famosa de Floripa. 


Mas o que torna a Lagoinha do Leste uma trilha tão buscada?

A resposta é simples: muita beleza natural, natureza preservada, acesso a uma linda praia deserta, com boas ondas para pratica do surf, livre do crowd e por fim, uma lagoinha ideal para pratica de Stand Up. 


Bom, estamos falando aqui na verdade do acesso a Praia da Lagoinha do Leste, que só pode ser feita por trilha ou por barco. Nesse caso o foco é a trilha, ou melhor, as trilhas. Sim, na verdade são duas ótimas opções de trilhas para os amantes dessa atividade. 


A mais curta e utilizada, é a Trilha pelo Pântanodo Sul

  • Tempo: de 45 minutos a 1h15min 
  • O que levar: Tênis, garrafa de água, e também o que você for comer durante o período que estiver lá. Além do protetor solar é claro. 

Dica: Se for de prancha nova, leve na capa. São muitas pedras na subida e dessa forma evita machucar seu equipamento. 

O acesso a Trilha é pela rua Manoel Pedro de Oliveira. O local está devidamente sinalizado, você vai encontrar facilmente. 

Essa trilha é verdadeiramente íngreme e por isso não esqueça do tênis. A subida fica em meio a vegetação o que torna a temperatura mais branda e diminui a incidência solar. Nesse caminho, você não vai costear o morro, então além da vasta natureza que envolve toda a trilha, não aparecerão grandes opções de paisagens para contemplar. 


A segunda e mais longa opção, é pela Praia do Matadeiro.

  • Tempo: de 2hs a 3hs.  
  • O que levar: Tênis, garrafa de água, e também o que você for comer durante o período que estiver lá. 

O acesso é pela Praia do Matadeiro. Então se estiver de carro, sua parada será na praia da Armação. 

Após acessar o Matadeiro por uma pontezinha e uma mini trilha, seu acesso a trilha é pelo canto direto da praia. Na entrada existem algumas placas sinalizando. 

Depois de uma primeira parte realmente íngreme em meio a mata mais fechada, inicia-se um trajeto menos inclinado, costeando o morro com vistas incríveis. Não faltam oportunidades de fotos no trajeto. 

Lembre-se, essa trilha além de mais longa, você ficará mais exposto ao sol, então além do protetor, pode ser uma boa, levar algo que cubra sua cabeça. 


Algumas fotos que você vai ver circulando da praia, são feitas da famosa Pedra da Lagoinha. Se você for um fanático por fotos, ou tiver disposição de sobra, pode fazer a subida do Morro da Coroa. O nível de exigência é grande, mas muitos vão até lá e realmente tiram fotos espetaculares. 


Sempre tenha em mente que terá o mesmo trajeto de volta, então seja organizado com seu tempo para voltar antes do anoitecer e evite consumir álcool. 


Se informe antes em relação a segurança das trilhas. Toda trilha deve ser respeitada e necessita de boas informações atualizadas sobre a segurança. Nunca faça trilhas durante a noite e de preferência realize essa atividade em grupos. 


É claro né, não precisa nem dizer... preserve a natureza, não deixe lixo na praia e não leve nada que ali está. 


Faça a trilha com saúde. Obrigado por ler o post e até a próxima. 


Se você curte natureza, visite também nosso post sobre a fauna de Florianópolis.